O que é polarimetria?

Medição de actividades ópticas através da polarimetria

A física clássica ensina que a luz consiste em ondas eletromagnéticas cujas oscilações espaciais são transversais à direção da propagação. Quando a luz natural passa através do chamado filtro polarizador, as direcções de oscilação específicas são filtradas, deixando apenas um componente espacial. A luz que emerge do filtro é então referida como “luz linearmente polarizada”.

Um grande número de substâncias orgânicas e inorgânicas são opticamente activas no seu estado cristalino, líquido ou dissolvido. Estas substâncias rodam a direcção da luz polarizada por um ângulo específico. O princípio do polarímetro é alcançado quando uma substância opticamente ativa dissolvida é introduzida entre dois filtros polarizadores que se cruzam a um ângulo de 90°. A intensidade da luz no detector por trás do segundo filtro polarizador muda dependendo da posição angular destes dois filtros.

A rotação óptica geralmente significa que a polarização da direção da luz será girada por um certo ângulo ao penetrar uma substância opticamente ativa. Um simples polarímetro contém pelo menos as seguintes partes:

No ponto zero, o polarizador e o analisador são colocados num ângulo de 90° um em relação ao outro, o que significa que nenhuma luz atinge o detector (0% de transmissão). Assim que uma substância opticamente ativa for introduzida na sala de amostras, a transmissão estará aumentando em conseqüência do plano de polarização. Para medir o ângulo de rotação, o analisador é rodado até um ponto em que a transmissão do detector esteja novamente no mínimo. A rotação óptica é medida em graus angulares; portanto, estes tipos de instrumentos são chamados de polarímetros circulares.

Para determinar a posição exata de compensação, SCHMIDT + HAENSCH utiliza a modulação de Faraday como um aprimoramento eletrônico. Sem transmissão mecânica por correias trapezoidais ou engrenagens, utilizamos um acoplamento direto de codificador óptico e unidade de avaliação em todos os instrumentos de medição.

Além disso, estes princípios garantem tempos de medição curtos e nenhum desgaste mecânico. Assim, a maior sensibilidade e o mais rápido tempo de compensação é alcançado em toda a faixa de medição. A medição contínua também permite o monitoramento da mutarotação.

Você tem alguma dúvida sobre nossos polarímetros?

Teremos todo o prazer em responder às suas perguntas.